ESPECIALIDADES

Artroscopia



Cirurgia realizada através de duas ou três incisões mínimas onde é introduzido uma fibra bem fina que possibilita que o cirurgião visualize toda articulação através de um monitor, a artroscopia causa um trauma pequeno o que vai possibilitar que o paciente volte a sua rotina mais rapidamente.

Muito indicada por possibilitar uma recuperação mais rápida, nessa cirurgia é possível reparar os meniscos, cartilagens, ligamentos e retirada de possíveis fragmentos dentro da articulação.
banner_home_joelhobanner_home_joelho_V2

Reconstrução do ligamento cruzado anterior



Eixo que mantém o joelho em movimento, o ligamento cruzado anterior pode sofrer lesão por trauma, fadiga ou entorse.

Uma vez lesionado, o joelho passa a ter um desgaste maior por ficar instável e, se não for tratado a tempo pode ocasionar outras lesões no menisco ou na cartilagem.

Geralmente, o tratamento é cirúrgico e o método mais indicado é a artroscopia que permite incisões mínimas e recuperação rápida.
banner_home_joelhoV2.2banner_home_joelhoV3

Reconstrução do ligamento cruzado posterior



Menos comum que a LCA (lesão cruzado anterior), a ruptura do ligamento cruzado posterior (LCP), pode ocorrer por trauma direto no joelho flexionado como por exemplo, e em acidentes de moto, durante jogos ou em lutas esse tipo de lesão é mais frequente.

Nesse tipo de lesão, a lesão LCP, grau I, geralmente, é tratada com fisioterapeutas para promover o fortalecimento muscular do quadríceps da coxa e treino de propriocepção.

Em casos mais complexos quando a lesão também atingiu outras estruturas, a reconstrução do LCP e estruturas associadas, está indicado.
banner_home_valgizantebanner_home_valgizante_v2

Osteotomia Varizante e Valgizante



A osteotomia Valgizante corrige o eixo de carga dos membros inferiores, através de um corte no osso da tíbia e fixação. A cirurgia faz a correção e alinhamento do joelho varo (joelho arqueado), e possui algumas contraindicações.

Já a osteotomia variante, é a correção do desvio do eixo, que está valgo. Essa cirurgia é realizada, fazendo uma osteotomia, corte no osso, para trazer o eixo do membro até a posição fisiológica, e pode ser fixada com dispositivos internos, mais comumente placa e parafuso, ou dispositivos externos, que podem alinhar o eixo gradativamente, permitindo uma correção mais eficaz.
banner_home_joelho_artroplastiabanner_home_joelho_artroplastiaV2

Artroplastia total do joelho



A cirurgia de colocação de prótese de joelho substitui as superfícies de cartilagem desgastadas dos ossos que formam o joelho por uma prótese que inclui parte metálica e de polietileno.

Na artroplastia, é realizada a retirada da cartilagem ou osteófitos (bicos de papagaio) que causam dor, e substituído pela prótese.
banner_home_joelho_unicompartimentalbanner_home_joelho_unicompartimentalV2

Artroplastia unicompartimental do joelho



É realizada apenas a substituição de um dos compartimentos do joelho, temos três, devido alteração degenerativa. São colocados 2 componentes metálicos, fêmur e tíbia, e um componente de interposição, polietileno, que permite mobilização do joelho, sem prejuízo de função.
banner_home_joelho_traumatologiabanner_home_joelho_traumatologiaV2

Traumatologia Esportiva



Traumatologia esportiva é uma especialidade da medicina esportiva, que tem como principais objetivos, a prevenção e tratamento de lesões esportivas. Existem inúmeros meios de prevenção e uma gama enorme de tratamento, que vai desde repouso até tratamento cirúrgico.
banner_home_joelho_viscosuplementaçãobanner_home_joelho_viscosuplementaçãoV2

Viscosuplementação com ácido hialurônico



A viscossuplementação ou infiltração de ácido hialurônico tem a função de restabelecer a quantidade de ácido hialurônico presente no líquido sinovial, que foi alterada pelo processo inflamatório da Artrose.